domingo, 27 de março de 2016

MADRE PAULINA 26/03/16 (sábado de páscoa)

Eu e Cassiba recebemos o convite do Rodrigo Cemin do Pedal Sem Rotina para acompanha-los até Nova Trento no Santuário da Madre Paulina.
Aceitamos na hora e o grande dia chegou. Porém conforme a previsão do tempo, chovia muito na noite anterior. A duvida era grande sobre a realização deste pedal, mas o Cemin muito determinado não iria mudar a data somente por isso!
O grupo seria formado por 6 integrantes e de noite 1 deles já desistiu... fiquei esperando o Cassiba "Abortar" para eu ter uma boa desculpa...hahaha mas esse carinha não desistiu!
Então às 2h da matina pulei da cama para ir até o ponto de encontro no Portico da Expoviile que seria às 3h.
 Naquele momento a chuva continuava, mas agora não tem jeito, vamos pedalar! Todos reunidos fizemos a foto oficial e partimos via BR101 com atraso no cronograma claro.




Logo nos primeiros kilometros na descida antes do trevo do Eixo de Acesso Sul, um susto no escuro... numa descida rápida o Jean não viu o ressalto no acostamento, derrapou  e foi para o chão!
Alguns arranhões fortes no braço e perna, mas nada que mudasse seu objetivo.
Fomos num ritmo legal para todos até Itajaí e pouco antes das 6h chegamos no posto de combustivel para lanchar e descansar. Claro que o Cassiba fazia seu próprio ritmo e mesmo tentando ir mais devagar estava sempre na nossa frente! hehe
Só um pouco de Mi mi mi... não estava passando bem hoje e no dia anterior, não conseguia comer nada... empurrei um sanduba com gatorade pra dentro e quase vomitei...hahaha deu vontade de pegar o retorno e voltar dali mesmo, mas tudo bem vamos continuar o passeio. 
"Desistir nunca, Render-se jamais"!!!


Ainda bem que o Cassiba tava cuidando de mim! kkkk

Olha o sanduiche gigante do Cemin! Kkkk

Continuamos e logo já estavamos em Balneario Camboriú. Olhamos para trás não viamos o Cemin e o Pedro, então paramos ali para esperar.
Depois de alguns minutos chegam assustados, pois o Pedro desequilibrou-se antes de chegar numa ponte sem acostamento e caiu no acostamento... Ixiii!
Mas essa galera é dura na queda! Nada pode para-los até cumprirem um objetivo!




Depois de atravessar Balneario Camboriu, quando chegamos na frente do morro do Boi apelamos pela "lei do menor esforço" e atravessamos pela passarela para outro lado da rodovia e passamos pelo túnel... Hahaha "Sou louco mas não sou bobo"!







Finalmente chegamos em Tijucas (Cidade da Ponte como meu Pai dizia) ali era programado a parada rápida para foto na entrada e no centro da cidade no posto de combustivel que também já virou tradição.




Almoço do Pedro


Na hora de partir para os quase 50km até Nova Trento, o Pedro viu que estava com o pneu furado... para tudo e vamos consertar!
Continuamos o pedal e uns 3km depois, um pouco antes de sair da cidade o Cassiba perguntou para o Jean onde estava a sua mochila... ele acabou lembrando que esqueceu no posto e voltou lá buscar! Nós ficamos na sombra esperando.


Alguns kilometros depois de Tijucas o Cassiba queria chegar logo na Santa e deu uma puxada, eu grudei nele e fomos... até ele perceber que o pneu traseiro estava furado...
Logo chegaram os amigos e fizemos a troca com calma.




Bom agora é só subir alguns morrinhos no caminho e passar por Canelinha e São João Batista!




Em São João Batista o Cassiba já estava bem na nossa frente, mas encontramos ele empurrando a bike no acostamento... tinha furado o pneu novamente e paramos numa sombra para fazer o conserto!
Desta vez não foi culpa dele e sim da própria camara que furou na emenda.







Conseguimos chegar em Nova Trento e agora o ânimo da equipe voltou! 
Mas antes de chegar ao Santuario tem um belo trechinho de calçamento morro acima! hahaha se fosse fácil não tinha graça!



Chegamos

Tradicional subida escaria com bike nas costas






Alegria, alegria!!! agora era só descansar, hidratar, lanchar e... voltar!!! hahaha
O cronograma estava atrasado devido aos imprevistos até aqui, então para ganhar tempo começamos reduzindo o descanso de 1h para 40 minutos! kkkk 
Infelizmente não consegui comer meu almoço e tudo que tomava pesava na barriga, para ajudar nem xixi conseguia fazer... tá bom chega de desculpinhas e bota a bunda nesse selim e pedala!





Na saída da cidade já vem um longo trechinho de mais calçamento e logo a tão esperada Serra...
Foi muito judiado subir os poucos kilometros naquele Sol de rachar o casco! Naquele momento o Cassiba foi e quem podia girar lento girava, quem queria empurrar empurrava e que se dane o mundo! kkkkk




Depois da primeira etapa da Serra, desce um pouco até aVila que não lembro o nome e tinha um mercado aberto! 
Já foi uma romaria pra dentro! Todos se esbaldaram com isotonico, água, água de coco, saco de gelo e alguns mais lanche! hehe
Quando finalmente acabou o recreio e saimos, o Cassiba conseguiu furar de novo o pneu...hahaha
Paramos do outro lado da rua na sombra pra arrumar e remendar  algumas camaras, pois ele já estava ficando sem...rsrs



Prosseguindo vamos subir a última parte da Serra e agora é só descer até Brusque!
Mas no meio da descida, um congestionamento nos fez passar pelo cantinho da pista no lado direito dos carros.
Sem acostamento o Jean veio rápido demais e acabou saindo da pista e voou num salto mortal no mato! hehe ainda bem que esse cainha é igual gato! Cai em pé e sai correndo! kkkk



O Cassiba nos esperou quando entramos em Brusque, mas logo já foi se afastando no seu ritmo constante que nem parecia cansado esse maldito! rsrs
Depois que saímos da cidade, eu e Jean esperamos os demais para fazer esse trajeto até BR101 juntos e aproveitamos para fazer mais uma parada de emergência..
Eu aproveitei para me esticar no chão enquanto os amigos iam no banheiro...



 



Fomos juntos quase todo trechinho com aproximadamente 20Km, cheio de obras e um péssimo acostamento...
Lá no final antes da BR no posto de combustivel tradicional o Cassiba nos aguardava. Agora era a última parada programada! Eu ficava olhando o lanche dos amigos mas o estomago embrulhado não permitia que comesse nada...

 






Na saída da BR101 o Cemin já começou ficar para trás com fortes dores no joelho que já reclamava desde antes de chegar em Nova Trento. O Jean ficou para acompanha-lo.
Nesse momento o cronograma estava super atrasado e o sol já estava se pondo, pois já passavam das 18:00h.



Aproveitei o ritmo do Cassiba e consegui acompanha-lo até na entrada de Navegantes, o Pedro guerreiro continuou junto com ele!
Fui levando do jeito que dava, com dores e tentando não deixar sumir as luzinhas das bikes lá, bem na frente... mas depois sumiram! hehe
Quando cheguei perto da entrada de Barra Velha encontrei os dois na Parada Ferreti. Precisava urgente de uma água mineral bem gelada! O Pedro foi lá comprar pra mim e o Cassiba disse que era para mim tocar o bonde que os dois esperariam o Cemin e Jean. 
Estava me sentindo muito mal e fraco, aceitei na hora a proposta e toquei embora! Acho que a vontade de chegar logo em casa me fizeram pedalar ao máximo que podia nesse trecho que conhecemos tanto. Sempre cuidando para não fadigar de vez os músculos e principalmente trabalhando o psicológico para não deixar o cansaço dominar a situação.



Toquei o pau e no posto Rainha parei rapidamente para comprar uma água e ir tomando na estrada. Dali só pensava em chegar no viaduto da Corveta e logo no viaduto da BR280. 
E realmente logo cheguei, agora são somente 13Km até em casa! hahaha Amo muito tudo isso!




Finalmente cheguei em casa, moído! Muito cansado e o cão me recebeu latindo de alegria! Que bom que alguém gostou que cheguei...hehe
Eram por volta das 21':25"h.


Bom entre mortos e feridos todos se salvaram! Assim foi mais uma incrível viagem de bike na minha vida.
Agradeço ao Cemin pela brilhante idéia e ao Cassiba, Jean, Pedro pela brilhante companhia.
Foi minha 4º vez neste trajeto e posso afirmar que a mais desgastante e sofrida. Mas se fosse pra ser fácil todos já teriam ido dessa cidade! hahaha
Até a próxima e Aquele Abraço!!!

PS: Recebi algumas noticias de última hora, do que aconteceu depois que cheguei em casa...
O Cemin vinha sofrendo com as dores no joelho e na redondeza de Navegantes com Penha acabou furando um pneu. Ele e Jean fizeram a troca e continuaram.
O Cassiba e Pedro esperaram lá no Ferreti por mais 30 minutos e como estava ficando muito tarde, resolveram continuar sozinhos.
O Cemin e Jean conseguiram chegar até o Sinuelo e isso já passavam das 22h... Ali o guerreiro Cemin cedeu aos apelos do seu corpo e sentindo-se no limite, chamou seu apoio para resgata-lo.
Quando chegou, o Jean aproveitou a carona e veio junto, pois já era muito tarde para fazer esse trecho da BR101 sozinho numa situação daquela.
Apesar de tudo, todos estão muito bem obrigado e com certeza uma nova data vai ser lançada para realizar novamente esse desafio.


Nenhum comentário:

Postar um comentário