terça-feira, 28 de janeiro de 2014

AUDAX 300KM LAPA - PR

Quando recebi o convite do Ivan (Deivi Cabelo) na segunda feira de noite e soube que não precisava dormir fora de casa, enviei rapidamente um e-mail para a organização (randonneurslapa@gmail.com) e consegui garantir uma vaga também. Visto que neste dia encerraram as inscrições e precisava pagar o boleto com urgencia.
Então aceitei a carona do Deivi e às 16:30h passou aqui em casa para pegar eu e minha bike...
Chegamos na Lapa PR bem rápido e no local marcado já fui saindo do carro para pegar meu kit... Aí soube não tinha kits! Mas também, realizar um brevet de Audax por 50 reais é muito barato mesmo! me conformei e fomos passear pela  cidade histórica.






Esperamos o Rodrigo de Sampa chegar com a família e fomos jantar pizza. O jantar se prolongou um pouco até reunir todos da equipe e às 21:25h chegamos na praça General Carneiro, em frente a igreja matriz centro, no local de partida.
Ali preparamos as bikes na correria, pois a largada seria 22h. Nesse momento encontramos nosso conterrâneo Gilson Kasulke. Achei estranho ter tão poucos participantes e também tinha três ciclistas que fizeram 200Km durante o dia e fariam os 300Km com a gente.




A largada já foi frenética, pois só tinha ciclistas experientes e sedentos de asfalto!!! 
Saindo da cidade e entrando na Rodovia, já  entendi a falta de ciclistas... Sem trégua nenhuma, já começam as subidas compridas, mas não muito íngrime e rápidas descidas. Até aí tudo bem, porque me falaram que esse era o trecho light da prova...


Foi na escuridão da noite que rodamos 84Km até o 1º PC em São Miguel do Sul-PR, perto de Canoinhas-SC. Na entrada da cidade o ritmo continuava frenético e nem percebemos que nossos companheiros de equipe o Rodrigo (São Paulo) e o Helinho (Irati) tinham ficado para trás por causa de um pneu furado...
Logo chegamos no 1ºPC, onde carimbamos o passaporte, descansamos, hidratamos e nos alimentamos por conta do nosso fiscal. Reagrupamos e partimos.



Prá variar, foi só sair da rua principal da cidade que já começou com as subidas. Agora fui informado que seria o trecho mais íngrime e desgastante da prova... Mas tudo bem, com toda aquela animação, não tinha morro que nos segurasse!
Porém no topo da primeira subida furou o pneu traseiro do Cabelo. A troca foi tranquila e continuamos nosso caminho. A estrada sem nenhuma iluminação era praticamente deserta e grande parte sem acostamento, mas nem precisava, pois andavamos no meio da rodovia. 
Não existia nada plano por ali, ou estavamos subindo e descendo ou só subindo! 
Em determinado momento o Hélio não estava se sentindo bem e pediu para continuarmos sem ele, pois desistiria na próxima cidade... Foi difícel deixar ele, mas ele mora ali naquela região do Paraná e sabia o que estava fazendo. 
Por sorte o Céu estava encoberto e não choveu, ficando um ótimo clima para pedalar. Mas mesmo assim faltando uns 20Km até o próximo PC, foi necessário pararmos e sentar um pouco no chão para descansar e recuperar o folego.



Depois de horas, chegamos na cidade de Palmeira e no 2º PC. Ali estava o fiscal e grande ciclista Moisés e sua esposa, distribuindo comida, café, água e muita experiencia nos Audax da região. Em seguida chegou o Helio renovado e cheio de gás! Não sabemos até agora o que ele fez enquanto estava sozinho na estrada... Deu vontade de ficar por ali mesmo por mais algumas horas...
Mas não podiamos, logo estaria amanhecendo e precisavamos dar lugar para os outros também.





Assim vamos continuar com as grandes subidas... O dia logo amanheceu e a estrada começou ficar movimentada. O Céu me preocupava, pois estava com algumas nuvens carregadas... Em seguida estavamos no ponto mais alto da viagem com 1.100 metros de altitude. A vista era maravilhosa, pois o planalto é todo descampado naturalmente. 




O Helio saiu puxando o pelotão e nos convidou para conhecer o Canion, mas não lembro do nome. Tem a foto abaixo. Ali por baixo muitas pessoas se reunem para passar o dia se divertindo.


Depois dessa região de planalto, chegamos perto da cidade de Campo Largo onde foi necessário vencer mais uma Serrinha ... Mas tudo bem, logo estariamos em Curitiba. Até aqui o Céu estava encoberto.




Quase em Curitiba o Sol apareceu com tudo e em Curitiba precisavamos chegar no PC3 que era na praça do Japão, quase no centro. Subimos mais alguns morros para chegar lá e carimbamos o passaporte, eu e o Rodrigo fizemos um lanche no quiosque ao lado, pois sua esposa estava lá esperando e o Cabelo e Helinho foram até o posto de gasolina lanchar. Eram aproximadamente 10:30h 






Chega de mordomia e vamos continuar a pedalar cambada!!! Ou melhor dizendo: "Pedalem seus cães sarnentos, Porcos imundos!"





Na saída de Curitiba parece que todo mundo levou uma injeção de animo, pois mesmo com o Sol forte, aumentou o ritmo e a empolgação para o último trecho de 65Km.
Tudo ia bem até eu tentar testar o bastão para fotos, me distrair e passar em cima das tartarugas ao lado do meio fio... Então claro que furou o pneu traseiro... O pit stop foi rapido com a ajuda do Cabelo, enquanto os dois esperavam na sombra de um ponto de ônibus...




Continuando na rodovia, o Sol estava maltratando esses pobres ciclistas famintos e os morros não diminuiam, bem ao contrário, só aumentavam e como sempre, "O final é sempre dramático!" De vez em quando algum de nós acabava ficando para trás, faziamos rápidas paradas para descansar e reagrupar.
Agora falta poucos kilometros, mas as subidas continuam. Lembrei que quando passamos por ali de carro eu comentei que não gostaria de passar de bike....


Faltando 5Km até a Lapa, fomos obrigados a parar no SOS do pedágio para tomar uma água geladinha. Camisas abertas, o radiador estava fervendo!!!



Finalmente estamos entrando na Lapa! UHUU!!



Na chegada na praça foi muito legal e inesquecível. Este foi um desafio incrível, pois foi a 1º vez na vida que pedalei durante a noite toda e a altimetria acumulada de 4.600 é uma vitória a parte.
Obrigado Cabelo e a Dona Cabela pela logistíca e ao Rodrigo e Helio pela ótima companhia.





Chegamos por volta das 14h:20m. A aventura toda durou 15h e 47m. Tô esperando o próximo! 
Aquele Abraço!



14 comentários:

  1. "Pedalem seus cães sarnentos"
    Eu ri muito quando li isto hahahah.

    Super Audax este, ainda mais com as parte onde é possível ler "ritmo frenético" aliado a esta altimetria toda, valeu em dobro!

    Parabéns

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Marcelo, o Cabelo convidou, pensei que ia ser moleza...Kkkkk
      Ainda bem que era de noite, daí não podia ver os morros na frente. Foi uma ótima experiencia e quero repetir! Na hora do sofrimento eu sempre falo: "Daqui algumas horas quando terminar, estaremos rindo de tudo isso!"

      Excluir
  2. Parabéns por mais esse desafio superado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Jefo, esse ano vamos estar em todos!!!

      Excluir
  3. PARABÉNS PELA CONQUISTA E PELO RELATO ... ME SENTI COMO SE ESTIVESSE LÁ... AGORA E SÓ AGUARDAR O TÃO SONHADO AUDAX JLLE .... FRENETICAMENTE ... AHAHAHAHA...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí Cassiba, vamos nos preparar para chegar lá no Audax Joinville MOENDO!! O ritmo tem que ser frenético do início ao fim!!

      Excluir
  4. Parabéns pelo 300 e pela postagem, me senti pedalando com vcs. Abração.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda quero ter a honra de pedalar com você Eleonézio. Nos veremos nos Audax com certeza. Abraço.

      Excluir
  5. MEOS DEOSES, AUDAX será sempre AUDAX, uma aventura a parte. Parabéns a toda Equipe!!! Eu também estou esperando o próximo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Participei dos Audax Floripa 200Km em 2009 e 2010 e esperava retornar aos Audax como uma criança espera o Natal... Finalmente estou de volta Dany! Eu também estou ansioso pelo próximo. Quem vai uma vez, não consegue parar jamais!!

      Excluir
  6. #váevença#contesemprecomigo#muitoorgulhosadoresultadodaequipe

    ResponderExcluir
  7. "DETERMINAÇÃO E FORÇA DE VONTADE PARA FAZER SEMPRE ALGO A MAIS" Isso nos move!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Adoro muito tudo isto!!! Parabéns!!!

      Excluir
  8. Ai que saudades desse Audax, ainda mais que foi seu 300 de estréia e na Lapa, muito loco.
    Fiquei muito feliz pela companhia e por ter aceito o desafio...
    Parabéns meu amigo!!

    ResponderExcluir