domingo, 26 de junho de 2016

Morro Azul e afins-Pomerode SC 26/06/16

Este era meu sonho já fazia quase 1 ano! Entre um evento e outro e sabendo da dificuldade do objetivo e sem encontrar um parceiro que topasse a idéia, conversei com o Jefo que também tem seus objetivos particulares, mas sempre foi o companheiro das pedaladas mais insanas da minha carreira de ciclista amador (agora Aposentado).
Esse carinha que não perde nem uma oportunidade de diversão com aventuras de superação, topou na mesma hora e já marcamos para dois dias depois, no próximo final de semana.
Nos encontramos no trevo da Rodovia do Arroz com BR 280 em Guaramirim às 6h, alias cheguei 6 minutos atrasado...hehe


Fazia muito frio e meu ritmo não estava muito bom, mas claro que o Seco Pernudo fazia andar sempre mais rapido para não atrasar o cronograma. Muito bem, é assim que tem que ser!!!
Logo estavamos subindo a serra de Pomerode e nem tentei fazer força, já joguei a marcha tudo prá cima e fui no girinho curtindo o clima agradável. Hahaha
Na metade fizemos a tradicional parada na gruta da Santa e bica. Aproveitamos para comer uma deliciosa e abundante rodada de pinhão. Mas o tempo foi passando e o frio voltando, então partimos para o restante da serra.





Mas claro que não poderiamos passar pelo portal de Pomerode sem parar no posto de combustivel para fazer o lanche e hidratar, pois esta seria a última parada antes do objetivo principal, que era o cume do Morro Azul.




Depois do centro da cidade o Jefo tinha uma pequena surpresa para incrementar um pouco mais o passeio... paramos na entrada do Morro da Turquia e ele me convenceu que se a gente subisse esse morro teria um "atalho" no nosso caminho... e também era só pouco mais de 100 metros de subida...
E eu ainda acredito nessas histórinhas pra boi dormir!!! Hahaha


Qual será a estrada que vamos escolher??? Kkk prá cima ou prá baixo???

Prá cima claro! Kkkk




Meuuuu Deus!!! Que morrinho sem vergonha que parecia tranquilo e foi ficando mais ingrime e sofrido!
Finalmente cheguei no topo xingando o Seco Maldito que já estava na antena me esperando...não estava nem um pouco contente pois sabia que o objetivo maior era bem "maior" e já tinha quase esgotado as forças só nesse...
Fizemos uma pausa rápida e já partimos prá descida para não perder mais tempo, pois o cronograma já estava quase 2 horas atrasado. Mas antes batemos um papo com o Sr. Mario que mora lá em baixo na rodovia e a cada 2 semanas sobe caminhando essa montanha. Detalhe é que ele tem 93 anos e sempre calçado com seu sapatinho mocacim... Grande exemplo para todos nós que reclamamos de fazer uma caminhada até na padaria!





Bom descemos e chegamos novamente na rodovia e conseguimos ganhar uns 400m com esse maravilho atalho! hahaha
E conforme iamos nos afastando de Pomerode podiamos observar o Morro Azul crescendo ao nosso lado. Mas para chegar lá ainda precisavamos chegar até Timbó...hehe pois tem que fazer uma volta completa à Montanha para iniciar o ataque ao cume! 





Depois do trevo de Rio dos Cedros, pouco antes da cidade de Timbó chegamos na entrada da estradinha que leva ao Azul.
Porém é claro que não pode ser tão fácil assim... antes de tudo precisa passar pela  Tiffa Colley, que nada mais é que uma longa subida! Aquela região é repleta de Tiffas (grandes subidas) mas que segundo informações significa Fundos.





É Seco, nessa bifurcação é claro que devemos ir para o lado que sobe...Hahaha e a subida começou, mas a vista é linda e nem dá prá sentir a subida. Paramos no caminho para pegar água no riacho e continuamos.




Logo avistamos o portal de entrada do Morro Azul, na verdade fiquei decepcionado com a subida, pois achei que seria muito mais difícil! 
A felicidade também tomou conta por ter alcançado o objetivo e dar de cara com um pé de goiaba vermelha carregado!
Ficamos ali comendo as vermelhinhas e quando olhamos para o lado vimos as antenas bem acima do morro! E agora? Bom então vamos até lá!!!









Agora o bagulho vai ficar nervoso



Prá quem queria uma verdadeira subida, chegou no lugar certo! Agora pode buscar forças que realmente ficou muito, muito difícil!
Cara, que subida loka, super judiada e tinha umas retas muito ingrimes e umas curvas fechadas e também muito ingrimes! São 200m de altura numa subida de curtos kilometros.





Opa... tinha gente empurrando??? hahaha

Conseguimos! Chegamos no topo da montanha!!! Lá em cima tinha dois caminhos, um para essas antenas que claro que fomos até lá, tiramos a foto oficial e partimos para o outro cume.





Chegamos no outro topo e a alegria tomou conta, o lugar é lindo, grande espaço para estacionamento e um topo bem aberto para lançamento de parapentes.
Muita gente frequentando e aproveitando esta maravilha da natureza. Fizemos nosso almoço por ali mesmo eram aproximadamente 12:30h.







Fotografo oficial dos Escoteiros




Bom chega de tanta diversão é hora de voltar prá casa, ou seja agora é só voltar! Hahaha 
A descida foi muito rápida e só temos que subir a Tiffa novamente, mas nem foi muito puxado e curtir uma longa descida também.
Depois na rodovia era botar a bunda no selim e pedalar.



Subida depois de Rio do Cedro

Atravessamos a cidade de Pomerode novamente e paramos no posto para o Jefo usar o banheiro.
Mas a parada oficial foi no nosso mercado favorito e o Seco trouxe uma coca 2 litros pra nós.



Em seguida é o momento da subida da maravilhosa Serra da divisa de Pomerode com Jaraguá. Claro que foi na mais leve das marchas que existiam na bike! hahaha


Aquele trecho da Serra até a cidade de Jaraguá parece tão longo quando se esta cansado... depois atravessar a cidade é pior ainda com tanto movimento e desde já o vento contra...Kkkk
Ainda bem que o Seco estava aguentando manter o ritmo constante para chegarmos logo em casa.
Porém fizemos uma parada de emergencia nosso bar favorito antes de sair na rodovia como sempre também. Lá o bondoso Jefinha já veio com 2 litros de energético prá dar aquela forcinha para os últimos 37 kilometros até em casa.



Novamente no trevo da Rodovia do Arroz paramos rapidamente para fazer a despedida e cada um seguir para seus últimos kilometros até nos nossos lares. Para o Jefo são 24Km e para mim 33km via BR280 e 101. hahaha
Dali para frente como previa, o ritmo caiu bastante pois estava muito cansado.




Vim curtindo o movimento na BR101 e pontualmente às 18h com 3 horas de atraso no cronograma cheguei em casa.
Nesse momento a alegria toma conta da minha alma e todo sofrimento acaba. Só a sensação do dever cumprido é a grande recompensa.
Quero dizer ao Jefo que apesar dos nossos objetivos não estarem alinhados, cada vez que nos encontramos é para realizar algo poucos já fizeram.
Tem muita gente que fica só esperando pelos outros para fazer algo e não tem a capacidade e atitude para planejar e criar um evento, tem que ficar esperando sempre pelos outros.
Realmente levei muita sorte quando você me procurou via e-mail para conversar sobre o blog a 4 anos atrás. 
Depois disso aconteça o que acontecer juntos ou não, temos uma história e nem nós nem ninguém pode apagar tudo que já realizamos com estas atividades malucas juntos.
Até a próxima e Aquele Abraço!!!

6 comentários:

  1. Dentre as histórias do teu Blog que eu já li, este é um dos relatos mais bacanas.
    As fotos estão maravilhosas e permitem que a gente imagine claramente a beleza de tudo que vocês viram.
    Parabéns pela força de vontade e coragem de fazer acontecer!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cy que bom que você gostou. Escrevo aqui para as pessoas e não para mim, afinal tudo que vivi desde antes de existir este blog esta guardado no fundo do meu coração, pois são as minhas histórias de vida.
      A força de vontade pode ter me faltado um pouco últimamente, mas a coragem NUNCA vai me faltar!!! hahahaha beijos Maninha.

      Excluir
  2. É isso aí Maneca, você falando em aposentadoria e eu atrasando cada vez mais esse seu objetivo kkkk. Você é o mais louco que eu conheço, aprendi contigo e agora é a minha vez de te meter em apuros. Quero agradecer muito pela companhia. Esses momentos de diversão são inesquecíveis, muitas histórias, pessoas e lugares que conhecemos. Em relação os morros ultimamente estamos com muita sorte de chegar no topo com tempo limpo. Obrigado e se cuida nanico.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jefo, chega de marasmo na minha vida, preciso de adrenalina e fazer muita força como sempre fizemos! A aposentadoria acabou! vamos continuar a desbravar nossa região e quem sabe o estado! Depois o mundo todo!!! Hahaha O tempo bom é só um detalhe, pois com a sua companhia e saindo e voltando para casa em perfeito estado (um pouco detonado do cansaço claro) vai sempre ser o PERFET DAY!

      Excluir
  3. Esse papo de juntos... ficou estranho... há há ha...

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir